Rua Haddock Lobo 210 

Tijuca
Rio de Janeiro, RJ 

atendimento@marihalopes.com

www.marihalopes.com

Tel: (21) 99775-0300

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

© 2017 por BBA MKT DIGITAL. 

December 31, 2018

October 2, 2018

September 11, 2018

Please reload

Posts Recentes

Você conhece a Terapia EMDR?

May 19, 2019

1/4
Please reload

Posts Em Destaque

COMPREENDENDO A ANSIEDADE.

Quando falamos de ansiedade, inevitavelmente falamos também de medo. O medo é uma emoção universal que sinaliza quando estamos em um perigo iminente, sendo muito útil para nossa sobrevivência.

Mas e quando o medo é inapropriado, excessivo e fora da realidade? Se você, por exemplo, tivesse um medo excessivo de cachorro (fobia por cães), você poderia tomar medidas extremas para evitar qualquer encontro com cães, ainda que a maioria não ponha ninguém em perigo iminente por serem cães.

O medo é um estado básico automático de alarme que consiste em uma percepção ou conclusão de ameaça ou perigo iminente à nossa segurança e proteção.

Já a ansiedade é um estado emocional complexo muito mais prolongado que muitas vezes é desencadeado por um medo inicial. Você acaba vivendo um estado de permanente ansiedade sobre futura possibilidade de ser exposto ao seu medo. Assim, a ansiedade é uma experiência mais duradoura do que o medo. A ansiedade acaba sendo um estado de apreensão e de excitação física em que você acredita que não pode controlar ou prever eventos futuros potencialmente aversivos.

Reparou que a ansiedade está sempre orientada para o futuro?? Isso ocorre porque ela é governada pela ideia de “E se?” Não ficamos ansiosos com respeito do passado, com o que já aconteceu; ficamos ansiosos em relação a catástrofes ou eventos adversos futuros imaginados.

“E se me der um branco durante a prova?”

“E se eu não conseguir terminar o trabalho?”